Psicóloga de imagem pensa nas questões sociais

Marjorie Vicente inicia um projeto que tem como meta viabilizar as consultas terapêuticas e tornar o acompanhamento psicológico mais acessível

Pensando na abordagem explorada por Marjorie Vicente, a qual defende que o outro tem uma condição natural de pensar, sentir e buscar o caminho para satisfazer as suas próprias necessidades e que o terapeuta tem o papel de ser facilitador através dos três preceitos básicos – empatia, aceitação positiva incondicional e congruência – a psicóloga de imagem aponta que quanto mais aceito o cliente se sentir, mais verdadeiro ele será na relação.

Com base na teoria e, é claro, pensando nas questões sociais, Marjorie Vicente inicia uma nova proposta de atendimento, a qual executará preços acessíveis para o atendimento terapêutico. Marjorie defende que, à partir do momento que o indíviduo dá o primeiro passo em busca de ajuda para lidar com o seu sofrimento, a parte financeira não deve impedi-lo de dar continuidade no processo.

Segundo pesquisas realizadas, 10% das crianças sofrem de obesidade, no Brasil, e, a maior fatia dessa porcentagem está nas classes C e D. Levando em consideração os dados demonstrados e que o tratamento desse caso clínico depende do trabalho de um psicólogo, fica evidente a importância e valor que a atitude da psicóloga de imagem Marjorie Vicente tem para sociedade. “O tratamento psicológico, mesmo quando acessível, muitas vezes, é um dos primeiros itens a serem cortados do orçamento, quem dirá aos que não têm acessibilidade a esse tipo de acompanhamento”, defende  Marjorie Vicente.

A psicóloga de imagem cita uma frase de Carl Rogers para complementar e embasar sua atitude: “A experiência mostrou-me que as pessoas têm, fundamentalmente, uma orientação positiva… Acabei por me convencer de que quanto mais um indivíduo é compreendido e aceito, maior tendência tem para abandonar as falsas defesas que empregou para enfrentar a vida, e para progredir num caminho construtivo”.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 − cinco =