“Good habits come in packages”

falta de controle da compulsão alimentar, intensa doação do puerpério e ausência de compromisso do isolamento… diferentes equações que podem ter o mesmo resultado…

o problema aqui não é o “se largar estético”, mas, o tirar vida dos seus dias… uma calça de moletom é deliciosa, mas, usá-la para
evitar a calça jeans é sintoma e não conforto… uma mãe exausta não é amor, é falta de rede de apoio e/ou autocobrança desmedida… esperar a tormenta passar para tirar sonhos do papel é viver a ilusão de que um dia as condições favoráveis serão “atemporais”…

acredite: “bons hábitos vêm em pacotes”, na tradução mais literal…

incentive a menina que vai dormir devorando incontáveis chocolates a escovar os dentes antes de fechar os olhos… talvez ela goste do frescor, da sensação de cuidar de si… e, aos poucos, digerindo sentimentos encontre prazer nos alimentos!

permita que a mãe “recém parida” dê uma volta no quarteirão… pode ser que ela se reencontre em alguma esquina e lembre do quão importante é refazer conexões com os amores anteriores a este mais recente que roubou o seu coração!

relembre a profissional que o caminho se faz caminhando… que o isolamento “temporariamente” cancela algumas possibilidades, posterga algumas ações, mas, não cala caminhos que imploram por ação!

eu não sei quais são os “bons hábitos” que você precisa criar… mas, eu sei que eles vêm em pacotes pra quem se arriscar…

coloque VIDA
em seus dias
menina-mãe-profissa
o mundo está a te esperar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × cinco =