O corpo do pós-parto…

O corpo que levou, em média, 09 meses para realizar todas as mudanças e ser capaz de gerar uma vida, agora é cobrado subitamente a “voltar ao normal”… ⏳

Ter sido capaz de construir pedacinho por pedacinho um outro ser humano não parece o bastante, ele precisa mesmo é caber naquela calça jeans pré-gestação no primeiro mês pós-parto. 😬

O mágico acomodar dos órgãos e a incrível elasticidade da pele de nada valem se deixarem marcas que a indústria da beleza não consegue tirar… 😳

O mais completo alimento do mundo parece ficar em segundo plano (ou ao menos ter prazo de validade) diante do receio do peito “cair, murchar ou ficar flácido”. 🤷‍♀️

Os olhos, que agora enxergam um novo mundo, parecem imperceptíveis diante da profundidade das olheiras que denunciam a privação de sono. 🥱

Os cabelos, donos de elogios na gestação, caem loucamente como as folhas do outono, só que sem direito ao longo inverno para reflorescer na primavera… afinal, quem tem paciência com “baby hair” e mantém a calma com as visíveis entradas?! Assim, o “coque” vira uma constante… 🍃

E o tempo que parece escasso quando o dia acaba e a recém-mãe nem banho tomou, também parece andar devagar demais pra quem anseia corresponder ao cronômetro lá de fora e pular o processo da redescoberta… 🗣

A imensidão de vida que ali teve espaço, padrão estético nenhum é capaz de mensurar! Honre quem fez um trabalho impecável e que resultou no amor da sua vida! O resto?! O tempo se encarrega de “colocar no lugar”… 🙌🏻

E, antes que você pense que estou fazendo apologia ao “auto abandono”, te convido a voltar a se exercitar sim (após liberação médica) por amor ao seu corpo (e não por odiá-lo), por ter um momento só seu em um período de intensa doação (e não por obrigação), por liberar todos os hormônios do prazer importantíssimos na montanha russa do pós-parto (e não pela insana matemática das calorias)… ‼️

Ah, uma refeição quentinha e um banho, que dure mais do que dois minutos, com direito a lavar a cabeça também te farão maravilhas!

No mais, que estes olhinhos minúsculos pra quem você é o mundo sejam o reflexo do que o espelho muitas vezes não diz: você é incrível e está fazendo um ótimo trabalho!!!! 🫂👏

📸 22/10/2017 – 2 meses e 09 dias após o parto da Georgia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte + 5 =